Tribunais de Contas dos estados de São Paulo e Bahia conhecem o Prisma Lab

Representantes do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE/SP) e do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) realizaram reunião para conhecer o PRISMALab - Laboratório de Inovação do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE/PE) - e as iniciativas de inovação que estão sendo desenvolvidas na corte de contas pernambucana. A equipe do TCE/PE apresentou um pouco da história do Laboratório de Inovação, cujo principal diferencial é a interdisciplinaridade, o método colaborativo de trabalho e iniciativas de alto impacto institucional.

“O encontro foi muito importante para estimular entre os TCs a troca de experiências e conhecimentos. Mesmo tendo um longo caminho a percorrer, foi muito gratificante compartilhar os passos e conquistas já alcançadas”, disse a Diretora de Tecnologia da Informação do TCE/PE, Ana Carolina Machado de Morais. Na ocasião foi realizado um resgate de todos os caminhos traçados para a concretização e institucionalização do Laboratório, os projetos de inovação desenvolvidos e em desenvolvimento, bem como os principais produtos entregues.

De acordo com Amós Sá, gerente de Ações Educacionais e Corporativas da Escola de Contas e que atuou como gerente do Projeto de Inova TCE- Fase 1, nos anos de 2020 e 2021, com o PRISMALab foi possível estudar diversos problemas institucionais com a definição de prioridades que passaram a se tornar projetos inovadores, com resultados efetivos para a instituição. “O PRISMALab está desenvolvendo ações para o estímulo à inovação, conduzindo iniciativas inovadoras em diversas células dentro do TCE/PE, sempre prezando pela construção colaborativa e trabalhando em parceria com os segmentos organizacionais e a academia.

“A partir de 2019, com a realização da primeira Semana de Inovação do TCE/PE e com a revisão do planejamento estratégico, a inovação passou a ser pensada de forma mais estruturada e elencada ao topo da estratégica da Instituição. Nesse contexto, foram firmadas parcerias com a Academia, através de um convênio de cooperação técnica com a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e, mais recentemente com a Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Secti-PE), unindo, assim, pesquisa e prática”, disse a assessora-técnica da Escola de Contas e gerente do Projeto Inova TCE - Fase 2. Hoje, mais de 20 pesquisadores atuam no processo de transformação digital do Tribunal de Contas por meio de células dedicadas à explorar a inovação nas áreas de gestão de pessoas, auditoria, mineração de dados, segurança da informação, entre outros.

Participantes - Entre os representantes paulistas estiveram: Andrey Fernando da Silva Ribeiro, Cecília Yukari Akao, Geraldo Checon Filho, José David de Araújo, Ricardo Vaz, Rodrigo Mendes Rosa e Fábio Xavier. Já a Bahia foi representada pelo servidor Pedro Vieira. Pelo TCE-PE, além de Ana Carolina Machado Morais, Amós Sá e Sandra Inojosa, estiveram presentes na reunião, ainda, Louise Cordeiro, Márcio Sena, Maria Helena Limongi, Carla Pabs e José André Fernandes (todos da equipe do PRISMALab).