GK University - шаблон joomla Создание сайтов
Aviso
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 988

+ Notícias Institucional

EDUCAÇÃO: desafios na pandemia e cenários para o futuro

Debate contou com presença de Mozart Neves (CNE) e Cezar Miola (TCE-RS)

Na tarde desta quinta (4), o ESCOLA AO VIVO tratou de um assunto de interesse de todos que querem um país melhor: a educação. O debate acerca do tema, no contexto dos desafios da pandemia e cenários para o futuro, contou com a participação de Cezar Miola, conselheiro do TCE-RS e presidente do comitê da educação do Instituto Rui Barbosa; e Mozart Neves Ramos, do Instituto de Estudos Avançados da USP e membro do Conselho Nacional de Educação. 

 

O encontro foi mediado pelo conselheiro e diretor da Escola de Contas Públicas, Valdecir Pascoal; com tradução simultânea em libras de Rafaella Briane.

 

A discussão começou com o Pascoal fazendo ponderações acerca do prejuízo sofrido pela educação, principalmente por alunos de escolas públicas, durante esse período de pandemia.

 

Mozart Neves ressaltou o abismo entre instituições públicas e privadas e destacou, como um modelo de inspiração para ensino mediado por tecnologia, o que a cidade de São Paulo tem feito: “eles trabalham com três grandes eixos de ofertas educacionais: o ensino através dos aplicativos; a criação do centro de mídias, inspirado no Amazonas; e o apoio da TV Cultura, para veiculação de conteúdo. Apesar disso, só estão conseguindo alcançar metade dos alunos, o que mostra que ainda precisamos melhorar muito”, comenta. 

 

Cezar Miola falou sobre a importância de fiscalização dos tribunais de contas para contribuir para a melhoria da qualidade da educação: “precisamos observar se a entrega dos mantimentos está sendo feita, se os protocolos sanitários estão sendo criados, se há infraestrutura de tecnologia, para quando esses estudantes voltarem às aulas. Todas essas considerações foram passadas aos tribunais de contas do Brasil” por meio da norma técnica 01/20, do Instituto Rui Barbosa, como modelo de orientação, em respeito à autonomia de cada um desses órgãos. 

 

Durante os últimos meses, Miola também observou a falta de transparência por parte dos governos e prefeituras na oferta de informação à população. “Notamos que em diversos portais faltam informações sobre planos de ação na educação, em relação à compra de insumos, protocolos de reabertura das atividades e a inserção da família nesse processo. Estamos fiscalizando e vamos emitir, em breve, uma nota técnica sobre o atendimento a esses requisitos”. 

 

Em relação à compra de materiais, Neves abordou a importância de se adquirir computadores, internet de banda larga, essenciais para a educação do século XXI. “Precisamos incluir esse tipo de compra nos orçamentos, mas sobretudo acolher esses alunos no retorno às aulas. Não é ano de reprovar ninguém. Cada um adquiriu novas habilidades durante a pandemia e necessitamos, agora, cuidar da saúde mental desses alunos e professores. Estamos enfrentando um momento muito sério, que pode gerar muita evasão escolar”, afirmou.

 

Mozart comentou ainda que vem elaborando uma nova formatação do modelo de escola integral, em que não seja necessária a presença física plena, mas que assegure atenção constante, com atividades remotas previstas no seu projeto pedagógico. 

 

Ressaltou ainda ser fundamental a utilização do conhecimento acadêmico para traçar os novos caminhos da educação: “precisamos acabar com o achismo na educação pública. A ciência está aí. Precisamos trabalhar com base em indicadores de gestão e fazer valer o que está dando certo no país. É muito bom ir para Harvard ou Stanford, mas o Brasil precisa aprender com o Brasil”. 

 

Por fim, Miola, servidor há trinta anos do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, destacou a seriedade com que o trabalho de fiscalização vem sendo feito e salientou a importância da cobrança social. “Quanto mais formos cobrados pela sociedade, mais nosso trabalho poderá ser aperfeiçoado”.

 


Para receber as notificações sobre o evento, e assistir as conversas já realizadas pela Escola, inscreva-se no canal : bit.ly/2VEBl8i

Última modificação emSexta, 05 Junho 2020 16:11

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.