GK University - шаблон joomla Создание сайтов

+ Notícias Institucional

Valdecir Pascoal apresenta prioridades para a ECPBG no biênio 2020/2021

Em reunião com todos os servidores da Escola de Contas Públicas(ECPBG), o novo diretor da unidade, conselheiro Valdecir Pascoal, apresentou, na manhã desta segunda-feira (13) as diretrizes de trabalho para o biênio 2020/2021. Segundo ele, as ações pedagógicas deverão estar atreladas ao Planejamento Estratégico do Tribunal, relacionadas às prioridades a serem implementadas pela gestão do presidente do TCE, conselheiro Dirceu Rodolfo, nos próximos dois anos, que incluem o controle de políticas públicas, a inovação, o combate à corrupção e o estímulo à transparência e ao controle social.

Em sua fala, o diretor da ECPBG abordou os três pilares da Escola de Contas que são: capacitação de servidores (foco principal da ECPBG); estímulo ao controle social e capacitação de gestores públicos. 

No primeiro caso, além da continuidade da implantação do mestrado em políticas públicas (atrelado à prioridade de gestão do TCE de melhor controle das políticas governamentais no âmbito do Estado de Pernambuco), o novo diretor ressaltou a necessidade de a Escola se autocapacitar, visando ao aperfeiçoamento de seu corpo técnico, com vistas a uma melhor oferta educacional por parte da ECPBG.

 

Relativamente ao estímulo ao controle social, foram tratadas questões atinentes ao Programa TCEndo Cidadania que, segundo o diretor da ECPBG, precisa continuar com sua função de explicar o papel do TCE à sociedade. Também foi abordada a necessidade de esse Programa firmar parcerias, visando implementar inovações tecnológicas, para a maior difusão do estímulo à participação social no âmbito da sociedade pernambucana. 

Por fim, no que se refere à capacitação de gestores públicos, foi destacada a necessidade de uso intensivo de novas tecnologias, com ênfase no uso do Ensino a distância, objetivando ampliar a oferta educacional a esse público.

Serão objetivos também da gestão do novo diretor da Escola: a criação de um Portal do Conhecimento (contendo vídeos, legislação, artigos), visando consolidar materiais de orientação para gestores públicos, e a divulgação de dados e informações para os servidores do TCE-PE e para a sociedade; consolidação do modelo pedagógico da Escola de Contas; melhoria da comunicação da ECPBG em nível interno e com a sociedade, incluindo a revisão da sua página na Internet; criação de uma grade de cursos para a transição de governo, a fim  de orientar os gestores que iniciam e terminam mandatos; consolidação de parcerias com universidades, Porto Digital, Esmape, Assembleia Legislativa, OAB, Poder Judiciário, dentre outras.

O novo diretor destacou, ainda, os desafios financeiros para a implementação das ações previstas, lembrando, por fim, a necessidade de busca de integração e harmonia entre os setores e as pessoas que fazem a ECPBG, dentro dos conceitos de “respeito e humanização”, tão necessários nos ambientes institucionais.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.